1. Contexto Histórico

Começo por reler as análises anteriores:

Tenho tido as mãos extremamente firmes nesta holding do TOP20 Paris. Vejamos o que está escrito no tópico do Fórum.

Entretanto, como certamente terão tido conhecimento, a Bolsa de Hong Kong lançou uma OPA sobre a London Stock Exchange, OPA essa que foi rejeitada e retirada:

Esta tentativa de OPA sobre a LSE aconteceu já depois de uma subida fulgurante:

Atualmente a LSE está a valer 28,3 B€, sendo que se espera que obtenha Receitas de 2,6 B€ e Lucro de 783 M€ em 2019. O seu Price to Sales Ratio está nos 10,9 e o PER nos 36, pelo que é um exemplo de que as Bolsas podem ser muitíssimo valorizadas pelos investidores.

Entretanto, olhando para a Euronext, também tem tido uma tendência ascendente em termos de longo prazo:

Atualmente a Euronext está avaliada em 4,7 B€, as Receitas esperadas em 2019 são de 683 M€ (PSR de 6,9) e Lucro de 267,7 M€ (PER de 17,6), portanto, está com uma valorização de cerca de metade da LSE.

Hoje a Euronext está a descer, neste momento, 6,8%, o que é uma chatice, mas enfim, são oscilações que já aconteceram várias vezes desde que a ação entrou no TOP20 Paris e mesmo assim está a subir 44%, pelo que não é algo que me preocupe.

2. Perspetivas

Ontem a Euronext apresentou a sua visão estratégica até 2022:

Os detalhes financeiros são pouco ambiciosos…

…e deve ser por isso que os investidores estão algo desapontados.

É preciso ver que estes targets excluem qualquer aquisição. A Bolsa de Madrid seria um excelente complemento para a Euronext, mas o seu custo deve ser proibitivo, por questões de sentimentalismo, orgulho e interesse nacional. Só mesmo a Bolsa de Valores de Lisboa é que foi vendida por dá cá aquela palha, um erro estratégico (mais um) das elites do nosso País.

Porém a Euronext não tem cumprido a sua missão de fomentar o cross border investing, pois continua a ser mais barato (em termos de comissões) investir em ações americanas do que em outras praças da Euronext. Pelo menos na DeGiro é assim.

Voltando aos fundamentais da Euronext, as estimativas dos analistas para as Vendas são as seguintes:

E para o Lucro anual as seguintes:

São tendências fundamentais bastante positivas e a valorização não é nada de especial:

Na última análise escrevi os seguintes parágrafos:

Em relação à Euronext estou um bocado como o meu tio, mas calma, se vier uma proposta daquelas mesmo estapafúrdias, tipo, se oferecessem 50 B€ por ela (mais de dez vezes mais do que vale agora), aí eu teria de dizer… “vendida!”.

Mas “prontos”, por enquanto e só para que não fique ali a ação sem PAQVH (a Peugeot é outra que tenho de tratar), eu diria que se viesse aí um americano qualquer, gestor da ICE ($50 B de Market Cap) ou da CME Group ($72 B) e oferecesse 50 B€ pela Euronext NV, isto é, cerca de 714 € por ação, eu diria “está bem, se a querem tanto, fiquem com ela”.

Mas por menos que isso a resposta será sempre “EU SÓ COMPRO E NUNCA VENDO”.

À luz dos acontecimentos recentes estas ideias são um pouco menos lunáticas, ainda que a proposta louca não tenha vindo de americanos, mas antes dos chineses de Hong Kong, quando se propuseram comprar a LSE por 36 B€.

Neste contexto posso sempre entreter-me a avaliar os resultados, a olhar para as estimativas, a ficar desapontado ou confiante com os planos estratégicos, mas no final retenho as mesmas duas ideias:

– As ações da Euronext são para deter para sempre

– A não ser que apareça um tubarão eufórico qualquer que se proponha adquirir a empresa por 50 B€

3. Conclusão

A Euronext mantém-se no TOP20 Paris e o PAQVH mantém-se nos 714 € por ação.

4. Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender ações.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objetivos de cada um Subscritores do BorjaOnStocks. 

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O BorjaOnStocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação. 

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site BorjaOnStocks. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Borja on Stocks.