TOP Ações

No Borja on Stocks gerimos publicamente três TOPs de ações: TOP10 Lisboa, TOP10 Amesterdão e TOP20 Paris.

Estes três TOPs públicos têm dois objetivos principais:

– Tornar as nossas seleções de ações 100% objetivas para que a Subscrição do Borja on Stocks tenha uma maior utilidade e valor. Os Subscritores podem seguir as entradas e saídas das ações dos TOPs nas suas próprias carteiras de investimento, tendo em conta a sua situação financeira específica e o seu perfil de risco único;

– Construir um track record de longo prazo transparente, objetivo e verificável, de forma a que se possa medir a utilidade e benefício da estratégia aplicada, que é a Análise Fundamental Comparativa, tal como descrita nos e-books Labirinto da Bolsa, 12 coisas que precisa de fazer ANTES de comprar uma ação, 7 Pecados Mortais do Investidor em Ações e ensinada no Curso Avançado de Ações.

  • TOP10 Lisboa

O TOP10 Lisboa teve início no dia 2 de novembro de 2015 e é composto pelas 10 ações cotadas na Euronext Lisboa que são consideradas as mais atrativas para investimentos a longo prazo.

A evolução histórica, em comparação com o PSI20, foi a seguinte:

O conhecimento das ações individuais que compõem o TOP10 Lisboa é exclusivo dos Subscritores do Borja on Stocks:

  • TOP10 Amesterdão

O TOP10 Amesterdão teve início no dia 26 de maio de 2016 e a evolução tem sido a seguinte:

O conhecimento das ações individuais que compõem o TOP10 Amesterdão é exclusivo dos Subscritores do Borja on Stocks:

  • TOP20 Paris

O TOP20 Paris teve início somente no dia 1 de junho de 2017 e a sua performance tem sido a seguinte:


Regras dos Portfolios:

A – Todas as entradas e saídas são justificadas de forma profunda, recorrendo à Análise Fundamental de ações individuais;

B – Para haver uma alteração num dos Portfolios (entrada ou saída), a análise justificativa tem de ser disseminada pelos Subscritores do Borja on Stocks, através de comunicação por e-mail, Fórum e Grupo Exclusivo no Facebook antes das 12 horas;

C – A cotação de entrada (e saída) das ações dos Portfolios é sempre a de fecho a seguir à disseminação da análise justificativa;

D – No TOP10 Lisboa e TOP10 Amesterdão as ações entram com 10% do capital total (ou, em casos específicos, com 5%). No TOP20 Paris entram com 5%;

E – As comissões consideradas são as da corretora online DeGiro;

F – Os dividendos são taxados a 28% em Lisboa, 38% em Amesterdão e 43% em Paris;

G – Para efeitos de cálculo de performance histórica os TOPs são atualizados semanalmente com as cotações de fecho de 6ª feira.

 

Notas finais: 

A – Estes dados podem ser verificados pelos Subscritores do Borja on Stocks, que à data de 19 de abril de 2019 são 568 investidores, dos quais 80 são Vitalícios. O limite máximo é 1 000 Subscritores mensais. Muitos dos Subscritores publicaram testemunhos que poderá ler aqui (ou fazendo scroll down na página do Borja on Stocks no Facebook). Também poderá encontrar muitos dos Subscritores do Borja on Stocks no Grupo Ações da Euronext no Facebook;

B – César Borja, o analista de serviço e co-proprietário do Borja on Stocks, está inscrito no CFA Program, tendo já passado no exame de Nível 1 …

…e adere ao Código de Ética e Padrões de Conduta Profissional do CFA Institute. Também está a realizar este ano a pós-graduação em Análise Financeira no ISEG;

Agradecidos pela atenção e consideração, 

A Equipa do Borja on Stocks

Close Menu