Borja on Stocks versus Investidor Prudente

Existem dois serviços de análises e recomendações de ações que estão a liderar a indústria do research independente em Portugal, o Borja on Stocks e o Investidor Prudente.

Estes serviços têm semelhanças e diferenças que tentarei explicar de forma sucinta neste pequeno texto.

Antes de prosseguir é necessário dar algum contexto histórico.

O Borja on Stocks foi fundado por César e Catarina Borja no dia 21 de agosto de 2015.

Em 11 de novembro de 2019 o Borja on Stocks começou a publicar os contributos de um analista de ações excecional, o Hélder Pereira.

Ao longo dos meses e anos seguintes foi ficando claro que o modelo de análise e estratégia de seleção de ações do César Borja e do Hélder Pereira eram bastante diferentes, por vezes antagónicas, o que poderia levar à confusão dos Subscritores do Borja on Stocks.

Desta forma, em 14 de junho de 2021 o Hélder Pereira autonomizou-se num projeto editorial independente, o Investidor Prudente, que teve um ótimo acolhimento da comunidade investidora e que tem tido bastante sucesso.

Podemos então dizer que o Investidor Prudente foi um spin off do Borja on Stocks, mas os dois projetos continuam a pertencer à mesma empresa, a BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda, que por sua vez é detida em 50/50 por César & Catarina Borja.

Tal como, por exemplo, os jornais Correio da Manhã, Record e Jornal de Negócios pertencem à mesma empresa, a Cofina, o Borja on Stocks e o Investidor Prudente pertencem à mesma empresa, a BBTOP20.

Mas são projetos independentes do ponto de vista editorial e o Hélder Pereira goza de total liberdade e autoridade nos conteúdos que publica.

Vejamos alguns dados estatísticos à data de 5 de fevereiro de 2024:

  • O Borja on Stocks tem 3414 análises e artigos publicados, enquanto o Investidor Prudente tem 745
  • O Borja on Stocks tem 812 subscritores ativos e o Investidor Prudente tem 556

Como são organizadas as recomendações no Borja on Stocks e no Investidor Prudente?

O Borja on Stocks organiza as suas recomendações em portfolios públicos de ações selecionadas (aos quais chamamos TOPs), nomeadamente o TOP10 Lisboa, o TOP10 Madrid, o TOP10 Amesterdão, o TOP20 Small Caps US e o TOP10 Tenbagger. No limite são recomendadas 60 ações no Borja on Stocks, 30 cotadas na Europa e 30 nos Estados Unidos, o que para bastantes subscritores poderá ser diversificação a mais.

Para colmatar este problema do excesso de diversificação, em 17 de outubro de 2023 foram criados os TOPs Concentrados, nomeadamente o TOP5, o TOP10 e o TOP20, que como os nomes indicam congregam as 5, as 10 e as 20 ações preferidas do Borja on Stocks.

Por sua vez o Investidor Prudente escolhe, sempre no 1º dia útil de cada mês, a Ação do Mês, sendo que até ao momento foram selecionadas 28 Ações do Mês e o máximo são 30. Quando o limite de 30 Ações do Mês for atingido, das duas uma, ou a nova Ação do Mês será uma repetida (sinalizando um reforço) ou se for mesmo uma nova ação terá de ser escolhida uma antiga para abandonar o cálculo do retorno das Ações do Mês.

Qual é o track record das recomendações dos dois serviços?

À data de 5 de fevereiro de 2024 os TOPs de ações do Borja on Stocks exibem um retorno médio anual de 9,6%.

Na mesma data as Ações do Mês do Investidor Prudente exibem um retorno médio anual de 13,8%.

Mais algumas caraterísticas que diferenciam o Borja on Stocks e o Investidor Prudente

  • O Borja on Stocks tem uma comunidade organizada num Fórum e o Investidor Prudente não tem (as questões são colocadas e respondidas por e-mail)
  • No Borja on Stocks são publicadas duas análises por dia útil (uma a ação europeia, outra a ação americana), enquanto que no Investidor Prudente é publicada uma análise por dia
  • O Borja on Stocks foca-se mais em small caps (empresas relativamente pequenas à escala da Bolsa), enquanto que o Investidor Prudente analisa exclusivamente large caps (empresas com um valor de mercado superior a 10 mil milhões de EUR ou USD)
  • O Borja on Stocks só analisa e recomenda ações cotadas nas praças seguintes: Lisboa, Madrid, Amesterdão e Nova Iorque. O Investidor Prudente analisa empresas cotadas em qualquer bolsa do mundo, tendo como única restrição ter de ser uma large cap
  • A fonte mais inspiradora do Borja on Stocks é Peter Lynch (o gestor de fundos de ações mais famoso de todos os tempos, com um retorno médio anual de 29,2% e livros publicados como o One Up on Wall Street, Beating the Street e Learn to Earn). O Investidor Prudente tem bastantes fontes inspiradoras, nomeadamente Benjamin Graham, Warren Buffett, Terry Smith, Luiz Barsi, etc.
  • Estrategicamente o Borja on Stocks procura selecionar ações com um elevado potencial de valorização em termos de longo prazo, enquanto que o Investidor Prudente se foca principalmente na remuneração acionista através de dividendos e recompras de ações
  • O Borja on Stocks utiliza, nas suas análises, previsões para o futuro e indicadores de Análise Fundamental simples como o Price to Sales Ratio, o Price to Earnings Ratio, o Dividend Yield e o Net Debt to EBITDA. O Investidor Prudente prefere focar-se em dados concretos (ou seja, do passado) e utiliza indicadores mais complexos como por exemplo o Return On Capital Employed e o Net Payout Yield

Qual é a diferença em termos de preço?

Considerando os preços de tabela, o Borja on Stocks custa 45 €/mês ou 450 €/ano.

O Investidor Prudente custa 35 €/mês ou 385 €/ano.

Qual é o preço mais baixo que é possível obter para cada um dos serviços?

Em certas ocasiões promocionais será possível subscrever o Borja on Stocks por 347 €/ano e o Investidor Prudente por 297 €/ano.

Nota: todos os preços incluem IVA

Porque é que o Borja on Stocks é ligeiramente mais caro do que o Investidor Prudente?

Porque é mais antigo, porque tem mais volume de produção de conteúdos e porque tem uma Comunidade organizada.

Qual é a melhor opção?

Isso dependerá das preferencias de cada investidor.

Se prefere investir em empresas de elevado potencial de crescimento e valorização, deverá optar pelo Borja on Stocks, tendo consciência de que estas ações terão uma volatilidade e risco superiores.

Se prefere investir em empresas mais maduras, estáveis e boas pagadoras de dividendos, claramente deverá optar pelo Investidor Prudente, com a consciência de que o retorno médio anual em termos de longo prazo poderá não ser tão elevado.

Isto teoricamente.

No entanto, à data de 5 de fevereiro de 2024, as Ações do Mês do Investidor Prudente exibem um retorno médio anual superior aos TOPs de ações recomendadas no Borja on Stocks (13,8% contra 9,6%), mas é preciso considerar que o track record é muito mais curto.

Por exemplo, enquanto que o TOP10 Lisboa começou em novembro de 2015 e o TOP10 Amesterdão em maio de 2016, a primeira Ação do Mês do Investidor Prudente só foi lançada em setembro de 2021.

No Borja on Stocks há oito ações recomendadas que estão a descer mais de 50% do preço de entrada. Também há nove ações recomendadas a subir mais de 50% do preço de entrada, incluindo três a subir mais de 100%, uma a subir mais de 200% e uma a subir mais de 600%.

Nas Ações do Mês do Investidor Prudente não há nenhuma ação a descer mais de 50% do preço de entrada e só há uma a subir mais de 50%.

Ou seja, as ações selecionadas pelo Borja on Stocks tendem a subir ou descer muito mais do que as selecionadas pelo Investidor Prudente.

A diversificação é importante em ambos os serviços.

Os dois serviços têm uma missão semelhante: ajudar os investidores em ações a terem mais segurança e obterem melhores resultados. 

Então, já decidiu qual é o serviço de research independente que quer para o apoiar nos seus investimentos em ações?

Se sim, aqui tem os melhores preços para subscrever…

Ou tem alguma questão que não viu respondida neste artigo?

Pode enviá-la para cesar@borjaonstocks.com que responderei em menos de 24 horas.

Muito agradecido pelo seu interesse!

<a href="https://www.linkedin.com/in/cesar-borja/" target="_blank" rel="noopener">César Borja</a>

Licenciado em Economia pelo ISEG e investidor particular em ações desde 1998.
Concluiu a Pós-Graduação em Análise Financeira no ISEG, tendo obtido a certificação CEFA. Também passou no exame CFA Level I.  

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender ações.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objetivos de cada um Subscritores do Borja on Stocks.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O Borja on Stocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site Borja on Stocks. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Borja on Stocks.

Artigos Relacionados

O Labirinto da Bolsa - Ebook grátis

Ebook grátis

Um dos conteúdos mais úteis que já produzimos para os Investidores em Ações

Bem-vindo de volta!

Recupere a sua palavra-passe

Por favor, insira o seu nome de utilizador ou email para redefinir a sua palavra-passe.

Iniciar sessão