Análise Fundamental à GALP

1. Introdução

A GALP tem sido uma ação difícil de analisar e a única vez que beneficiei dessas análises foi patética, pois utilizei uma divergência entre a evolução dos fundamentais (negativa) e a da cotação (positiva) para justificar uma entrada que acabou por gerar uma micro mais-valia de curto prazo.

Diga-se de passagem que os investidores de longo prazo também não têm beneficiado da sua paciência estoica…

Análise Fundamental à GALP 1 - Borja On Stocks

…pois a cotação está no mesmo sítio que estava em 2006.

2. Apresentação
2.1. Descrição da Empresa

Até 2021 a Galp subdividia-se em 3 segmentos de negócio: Exploração & Produção, Refinação & Distribuição e Gas & Power.

Mas na apresentação de resultados do semestre de 2022 surge algo diferente, com 4 segmentos, a saber:

  • Upstream, que são os 28 projetos de exploração e produção de petróleo e gás, no Brasil, Angola, Moçambique, Namíbia e São Tomé e Príncipe (18% das receitas)
  • Commercial, que são os 1.480 postos de abastecimento, em Portugal e Espanha (46%)
  • Industrial & Energy Management é essencialmente a operação da refinaria de Sines, agora que a de Matosinhos foi descontinuada (36%)
  • Renewables & New Businesses são, como o nome indica, os novos projetos de energia renovável da Galp, que são principalmente parques de energia solar (0,3%)

2.2. Principais Acionistas

A Amorim Energia é a maior acionista, com 33,34% do capital da Galp:

Análise Fundamental à GALP 2 - Borja On Stocks

Por sua vez a Amorim Energia é detida em 55% pelo Grupo Américo Amorim e em 45% pela Esperanza, uma empresa controlada pela Sonangol.

O estado português ainda retém, através da Parpública, uma posição de 7,48% no capital da Galp.

3. Contexto Histórico
3.1. Gráfico de Longo Prazo

Como a Galp não tem tido uma tendência definida em termos de longo prazo, apenas tem oscilado entre estados oversold e overbought, um oscilador, como por exemplo o estocástico, tem dados sinais proveitosos:

Análise Fundamental à GALP 3 - Borja On Stocks

A ideia é comprar quando o stochastic oscillator desce abaixo de 20 e vender quando sobe acima de 80. Neste momento o indicador está nos 71, a sair do estado overbought, pelo que, segundo este indicador técnico, não parece ser boa altura para comprar.

3.2. Evolução do N.º de Ações, Valor de Mercado e Enterprise Value

O n.º de ações emitidas pela Galp permanece mais ou menos o mesmo desde a OPV em 2005, nas 829 milhões de ações, e o valor de mercado atual está nos 9.153 M€:

Análise Fundamental à GALP 4 - Borja On Stocks

A fórmula do Enterprise Value é…

EV = Valor de Mercado + Dívida Líquida + Interesses Minoritários + Ações Preferenciais

…e atualmente está nos 13.540 M€:

Análise Fundamental à GALP 5 - Borja On Stocks

3.3. Evolução das Vendas e Price to Sales Ratio

É expectável que as Vendas da Galp atinjam o valor mais elevado de sempre neste ano de 2022, nos 23.989 M€:

Análise Fundamental à GALP 6 - Borja On Stocks

Como as Vendas estão a dar um salto para máximos e a cotação ficou essencialmente na mesma, o múltiplo das vendas, ou Price to Sales Ratio, está no mínimo desde que a Galp é cotada em bolsa, nos 0,4. Este é um indicador de subavaliação.

3.4. EBITDA e múltiplos do EBITDA

A guerra na Ucrânia, o fecho dos mercados ocidentais ao petróleo e gás russo e o consequente spike nos preços do petróleo e gás natural está a proporcionar resultados recorde à Galp, com as projeções para o EBITDA deste ano a atingirem os 4.139 M€, quase o dobro dos máximos anteriores:

Análise Fundamental à GALP 7 - Borja On Stocks

Novamente, como a cotação não está a acompanhar esta súbita melhoria dos resultados, os múltiplos de valorização têm vindo a comprimir-se a níveis sem precedentes, com o rácio EV/EBITDA a quedar-se pelos 3,3.

Não admira que o Warren Buffett esteja a acumular ações de empresas do setor petrolífero, as valorizações estão muito atrativas.

3.5. Margens EBITDA, Operacional e Líquida

Desde 2014 que as margens da Galp se têm vindo a expandir (indicador de boa gestão operacional), depois houve aquele sobressalto com a pandemia em 2020 (quando os futuros sobre o barril de petróleo caíram até território negativo, algo impensável e quase inacreditável) e agora uma bonança perversa derivada da guerra na Ucrânia:

Análise Fundamental à GALP 8 - Borja On Stocks

3.6. Resultado Líquido e Price to Earnings Ratio

Não foi da forma que esperava, mas o PER da Galp veio ao nível que, nas análises anteriores, considerei “justo”, ou “aceitável”, em torno dos 8:

Análise Fundamental à GALP 9 - Borja On Stocks

No 1º semestre de 2022 a Galp lucrou 420 M€ e os analistas projetam que lucrará 1.108 M€ no total do ano, um nível recorde.

3.7. Evolução da Dívida Líquida e Net Debt to EBITDA

A dívida líquida da Galp, nos 3.386 M€, está num nível historicamente elevado…

Análise Fundamental à GALP 10 - Borja On Stocks

…mas o rácio Net Debt to EBITDA, nos 0,8, revela uma posição financeira bastante confortável.

4. Perspetivas

É fácil compreender a atratividade das ações da Galp neste momento:

  • Os resultados estão no máximo
  • Os múltiplos de valorização, ou seja, o preço pago pelos resultados, está no mínimo

A questão é se os resultados recorde de 2022 serão sustentáveis no futuro, ou não?

Os analistas que seguem a Galp, como se pode ver nas projeções acima para os anos de 22 a 25, em termos gerais, consideram que haverá uma ligeira correção, mas que a Galp manterá resultados perto dos que, previsivelmente, irá obter em 2022.

Pessoalmente discordo, pois considero que a guerra na Ucrânia foi o last hurrah do petróleo e gás a nível global, tendo servido como catalisador para o mundo inteiro acelerar ainda mais os seus investimentos em direção a um futuro “só” com energias limpas e renováveis.

O petróleo é, na minha humilde opinião, o novo carvão e o seu fim – pelo menos em termos de crescimento e oportunidade de investimento – está por anos, não décadas.

A minha expetativa – e a dos analistas que seguem o setor automóvel – é que já em 2030 só se vendam modelos elétricos (ou a hidrogénio) no mundo. Quem como eu costuma conduzir um EV sabe que a tecnologia é incomparavelmente superior, na velocidade, simplicidade, economia, conforto, etc. Este é um tema controverso, mas só o discuto com quem já conduziu longamente um EV.

Na indústria pesada o petróleo e o gás serão, progressivamente, substituídos pelo hidrogénio verde.

Esta é uma mudança estrutural imparável no mundo.

Passado o choque com a guerra na Ucrânia o preço do barril de petróleo deverá regressar para o nível dos $30 no longo prazo…

Análise Fundamental à GALP 11 - Borja On Stocks

…ou menos!

Os três grandes segmentos da Galp (exploração, refinação e distribuição), responsáveis por 99,7% da receita de 2021, tornar-se-ão obsoletos. E o esforço de investimento no quarto segmento, o das energias renováveis, gastará o cash flow destes tempos de lucros anormais causados pela guerra na Ucrânia.

O futuro da Galp apresenta-se complexo e sombrio e o desafio para os gestores é hercúleo e possivelmente será inglório, pois dificilmente uma empresa grande e madura como a Galp consegue fazer uma transformação destas.

Pela minha parte vou continuar a acompanhar os desenvolvimentos… de fora.

Mesmo que o oscilador estocástico venha novamente ao nível oversold, proporcionando uma oportunidade de trading de curto/médio prazo, em princípio não irei aproveitar, porque estou dedicado e focado nos investimentos a longo prazo.

5. Conclusão

Apesar da melhoria nos fundamentais e da aparente subavaliação, a Galp Energia não é uma candidata à entrada no TOP10 Lisboa.

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender ações.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objetivos de cada um Subscritores do Borja on Stocks.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O Borja on Stocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site Borja on Stocks. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Borja on Stocks.

Artigos Relacionados

Padroes das Acoes que sobem 1000 mockup

Ebook grátis

Qual é a probabilidade de uma ação valorizar 1000%, ou seja, ser uma 10-bagger? Descubra no ebook.

Bem-vindo de volta!

Recupere a sua palavra-passe

Por favor, insira o seu nome de utilizador ou email para redefinir a sua palavra-passe.

Iniciar sessão