Uma vez sem exemplo a defender ataques do Twitter

Boa tarde caros Subscritores,

Tal como planeado nesta análise de ontem…

…vinha mentalizado para analisar a francesa Bouygues, mas fui logo confrontado com esta “notícia”…

Uma vez sem exemplo a defender ataques do Twitter 1 - Borja On Stocks

…que é irrelevante, mas fiquei a pensar que gostaria de saber o que os analistas das casas de research e bancos de investimento pensam desta ação. Como também precisava de ir ao ISEG tratar de uns assuntos, fui lá consultar o Bloomberg, que infelizmente já não permite fazer download dos relatórios de research. Estive lá uma horinha a ler algumas peças de research e estou mais preparado para fazer essa análise à Bouygues, que ficou para amanhã.

Em relação às ações americanas, vinha com a ideia de analisar a Sensus Healthcare, que é a próxima da lista de 25 candidatas à primeira posição no TOP5 Tenbagger, mas novamente, tenho aqui uma situação a desviar-me para analisar outra ação.

O julioj57, que participa muito no Fórum – e bem – colocou um post com uma análise de um tal de Biotech2k, sobre a Crispr Therapeutics. Esse Biotech2k é um “analista” do Twitter com 11,6 mil seguidores e 19,2 mil tweets. À partida a fonte não é das mais credíveis, mas não analiso nem julgo analistas, analiso informação. A que ele presta é a seguinte:

“Next up is CRSP which was my first CRISPR company back in 2018. They were innovating a new approach to hemoglobinopathies. I was currently in SGMO and not a big fan of CRISPR due to all the fear over mutations.
Then I started doing my own research and found the preclinical data of CRSP just blew away that of my current company. I quickly became the one who switched sides. I followed the science. The problem now is they lost their innovation.
I mentioned this fear last year when I sold the company. They became so focused on CTX001 that they didn’t do anything else. Everything sat. They fell way behind on the innovation front. Now they did an investor day that clearly showed this short coming.
They basically just copied everything everyone else was doing. They are so far behind the innovation cure they risk becoming obsolete in a few years after they go commercial with CTX001. Here is why.
CTX001 is an autologous stem cell transplant where they edit the cells to knock out the BCL11a gene before wiping out the patients bone marrow and putting the new cells back into the patient. This is a very long, complex, costly and toxic process.
They could have added new ex-vivo programs or moved toward in-vivo editing of stem cells to remove all the obstacles of the autologous therapy. They didn’t which will put them way behind $BEAM once they get in-vivo editing up and running. Over time they will be replaced.
That is one space they are losing. The next is CAR-T therapies. They have 3 programs which have the weakest data in autologous CAR-T with only 38% CR rates and only 6 months durability. They even dropped the BCMA program as it was just so weak.
The CD19 is up against 20 competitors. The 2 new edits they introduced are completely irrelevant and won’t really do anything to address the real issue of the immune system. They didn’t even try to introduce anything new to actually improve these programs. They could have easily gone into iPSC and been innovative with a common progenitor cells with hypoimmune edits as a starting stock. They didn’t do anything. Its a complete disaster. Their only program that might work is CTX130 which has a more unique target.
Their next program is diabetes which I said would not do well with the islet cells being in a capsule. You run the risk of rejection or chronic inflammation from the capsule. You run the risk of the islet cells failing to sense glucose levels from inside the capsule.
So CRSP opted to copy the impressive program from SANA which already has very impressive animal data with hypoimmune islet cells that do away with the capsule. Now they are years behind SANA assuming they get it to work.
Then came the in-vivo programs which came down to “we are just going to copy everyone else” like NTLA and VERV. What a bust for innovation.
This was clearly a innovation day where they just came up with stuff to copy everyone else as they failed to innovate for the last 5 years.”
@Biotech2k1

Vou ser sincero, li o post ontem e não lhe dei importância, não porque ache que o que ele diz é mentira ou irrelevante, mas porque sei o que não sei.

Mas hoje o cfs76 insistiu que o post era da maior relevância, o que me levou a estudar um bocado o assunto e se estudei, mais vale escrever sobre isso.

Neste caso da Crispr e das outras empresas biotecnológicas que o Biotech2k menciona, os temas são tão complexos, subjetivos e incertos que acho pouco credível alguém arrogar-se a saber mais do que a própria gestão das empresas e do que os analistas especializados que as acompanham e que formulam estimativas.

Vou então, com os conhecimentos limitados que tenho, comparar as 6 empresas mencionadas nos aspetos que considero relevantes, o balanço e as estimativas para o futuro.

A 31 de março de 2022, as seis empresas mencionadas tinham a seguinte posição de Net Cash:

CRSP:      $2.221 M
SGMO:       $318 M
BEAM:     $1.218 M
SANA:        $512 M
NTLA:        $855 M
VERV:        $323 M

Todas têm bastante dinheiro para financiar as suas operações, mas a CRSP é, de longe, a que tem mais.

Vejamos agora as estimativas dos analistas especializados em biotecnologia que seguem atentamente os desenvolvimentos destas seis empresas:

CRSP:

Uma vez sem exemplo a defender ataques do Twitter 2 - Borja On StocksSGMO:

Uma vez sem exemplo a defender ataques do Twitter 3 - Borja On StocksBEAM:

Uma vez sem exemplo a defender ataques do Twitter 4 - Borja On StocksSANA: 

Uma vez sem exemplo a defender ataques do Twitter 5 - Borja On StocksNTLA: 

Uma vez sem exemplo a defender ataques do Twitter 6 - Borja On StocksVERV:

Uma vez sem exemplo a defender ataques do Twitter 7 - Borja On Stocks

Como podem ver, a CRSP é a que tem as melhores perspetivas, sendo a única cujas estimativas apontam para lucros a partir de 2025.

Algumas das empresas mencionadas pelo Biotech2k nem sequer têm grandes hipóteses de ter receitas (certamente devido ao atraso do seu pipeline), quanto mais lucro. O homem com 19 mil tweets já deve ter dito tudo e o seu contrário várias vezes, em loop.

Pessoalmente não percebo nada de biotecnologia, mas sei ler um balanço e sei que estas estimativas se baseiam nos pipelines das empresas e no mercado potencial dos medicamentos. É seguro que os analistas vão errar nos números exatos e que a realidade em princípio vai ser substancialmente diferente do que é esperado, mas aqueles números refletem o que os analistas especializados na matéria estimam nesta altura, ou seja, congregam a informação disponível à data.

O que o Biotech2k nos dá são conjeturas subjetivas, do género “não inovou”. Sabe lá ele se não inovou? Diz também que a CRSP se focou demasiado… eu acho que o foco é uma coisa boa que costuma trazer bons resultados para os acionistas.

Também diz que vai “imitar” as outras… a Apple quando apareceu com o iPhone também estava a imitar outras, mas foi extraordinariamente mais bem sucedida.

Lá por se ir imitar não quer dizer que as iniciativas e os investimentos corram mal… por vezes até correm melhor, porque se conseguem evitar os erros cometidos pelos pioneiros.

Conclusão

A Crispr Therapeutics mantém-se no TOP20 Small Caps US e o PAQVH continua indeterminado. 

Uma vez sem exemplo a defender ataques do Twitter 8 - Borja On Stocks

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender ações.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objetivos de cada um Subscritores do Borja on Stocks.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O Borja on Stocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site Borja on Stocks. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Borja on Stocks.

Outras análises à mesma empresa

Análises Relacionadas

ANÁLISES MAIS RECENTES

Bem-vindo de volta!

Recupere a sua palavra-passe

Por favor, insira o seu nome de utilizador ou email para redefinir a sua palavra-passe.

Iniciar sessão