Thermo Fisher Scientific, uma “pandemic play”

Bom dia, caros susbcritores.

Em Março de 2020, a FDA aprovou, através de uma autorização de emergência, o teste para SARS-CoV-2 da Thermo Fisher Scientific, para ajudar a mitigar a pandemia da Covid-19, fazendo com que a cotação valorizasse mais de 100%:

Vamos ver se esse movimento não foi exagerado.

Apresentação

A Thermo Fisher Scientific é uma empresa americana que resultou da fusão, em 2006, da Thermo Electron com a Fisher Scientific. A companhia fabrica instrumentos científicos, reagentes, consumíveis e software para instituições da área da saúde e das ciências, tais como laboratórios académicos, governamentais e industriais (biotecnológicos e farmacêuticos). O seu mercado abrange várias indústrias e produtos…

… desde testes para Covid-19 até às tecnologias de microscopia electrónica que ajudam a descobrir mudanças críticas nos materiais que causam defeitos e ineficiências (muito procuradas por fabricantes de baterias de lítio, por exemplo).

A empresa tem 4 segmentos de negócio…

… que abrangem 3 tipos de ofertas – consumíveis, instrumentos e serviços:

Não é possível mostrar, nesta análise genérica, a quantidade quase infinita de consumíveis…

… instrumentos (para testes à covid-19, terapia genética, microscopia, etc.)…

… e serviços que a empresa disponibiliza:

Mais de metade da Receita é gerada na América do Norte:

Principais Accionistas

Só grandes fundos de investimento:

Gráfico de Longo Prazo

Parece que a fusão da Thermo Electron com a Fisher Scientific deu bons frutos:

Evolução do Número de Acções e Valor de Mercado

Após a fusão, em 2006, houve várias recompras de acções próprias…

$1.5 billion of stock buybacks and $300 million in dividends (…) in 2019

… e o Valor de Mercado aumentou para os actuais $201 B.

Informação Financeira

Após a fusão, a Receita cresceu mais de 9% ao ano…

… e o Lucro encontra-se no máximo histórico…

… bem como a margem operacional:

A dívida líquida corresponde a pouco mais de $13,5 B…

… um valor 1,5x superior ao EBITDA esperado para 2020 ($9,26 B).

Desenvolvimento

Para 2021, o Grupo tem como objectivo continuar a responder aos desafios da pandemia (com testes, terapias e vacinas), a desenvolver novos produtos, a melhorar a eficiência e os custos da produtividade (Practical Process Improvement business system [PPI]) e a manter o programa de recompra de acções e distribuição de dividendos:

Os indicadores de valorização demonstram uma situação de sobreavaliação (principalmente nos dois últimos anos), tal como o Price-to-Sales

… o Price-to-Earnings

… e o Dividend Yield:

A Receita cresceu 9% ao ano, mas os analistas (Refinitiv) prevêem uma diminuição da taxa de crescimento entre 2020 e 2024 (3,72% CAGR):

As expectativas para 2025 são mais animadoras (Consensus Estimate Earnings of 21 Analysts, S&P Global), e apontam para o crescimento de 9,6% ao ano do Lucro Líquido (entre os últimos 12 meses e 2025)…

… mas, mesmo assim, o Price/Earnings-to-Growth ratio está posicionado no vermelho:

Está overvalued!

Conclusão

A fusão da Thermo Electron com a Fisher Scientific Thermo em 2006 foi muito bem sucedida. Hoje, a Thermo Fisher Scientific é uma empresa muito eficiente, financeiramente equilibrada e muito abrangente (tem um vasto portefólio de produtos e clientes em várias indústrias). A oportunidade gerada pela Covid-19 e o aumento histórico da Receita e do Lucro sobreavaliou o preço das acções. 

Por decisão pessoal, o autor do texto não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico

 

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender acções.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objectivos de cada um Subscritores do BorjaOnStocks.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O BorjaOnStocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site BorjaOnStocks. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Borja on Stocks.

mercado americano

Preparado para INVESTIR nas MELHORES AÇÕES?