Airbnb – IPO à porta

Bom dia, caros subscritores.

O tão esperado IPO da Airbnb, na próxima quinta-feira, está a gerar muita ansiedade no fórum do BoS, mas o César está “nem aí” para as acções da moda:

Confesso que, devido ao meu temperamento e à influência intelectual que recebi de Benjamin Graham, também não costumo seguir as acções “do momento”. Os preços altos do mercado costumam potenciar o número de IPO’s…

… que, normalmente, não trazem bons resultados:

E o mercado actual está particularmente aquecido

… a ponto de eu manter a minha carteira pessoal com cerca de 70% do capital em cash (confesso… já invisto há 15 anos e nunca tive tão pouca exposição ao mercado de acções):

Apesar do mercado sobreaquecido, os últimos meses não foram fáceis para a Airbnb, com a quebra do sector do turismo a prejudicar as Receitas dos últimos 9 meses…

… tendo recuperado um pouco o fôlego no último trimestre (ainda abaixo do período homólogo):

No tempo que tenho disponível, vou tentar fazer uma análise geral a esta empresa que tem uma ideia de negócio fantástica.

Apresentação

No site da Airbnb não encontrei uma secção dedicada aos investidores. Valeu-me o website da SEC que já lá tinha o Form S-1/A:

A Airbnb começou em 2007, quando Brian e Joe, dois dos fundadores da empresa, procuravam de uma maneira de cobrir o custo do seu apartamento em San Francisco. Naquela semana, eles viram uma oportunidade: uma conferência internacional de design ia ter lugar na cidade e todos os hotéis estavam esgotados. Eles rapidamente criaram um site – www.AirBedandBreakfasts.com – com o propósito de arrendar o seu apartamento para os participantes da conferência. Três designers (Michael, Kat e Amol) aceitaram a sua oferta e se tornaram os primeiros convidados de Brian e Joe. E assim começou o modelo de arrendamento da Airbnb.

13 anos depois…

… mais de 4 milhões de anfitriões oferecem de tudo, desde um quarto particular em sua casa até vilas luxuosas.

Além de residências, há também agora experiências e experiências online que podem ser realizadas em todo o mundo:

A Airbnb é uma plataforma que permite capacitar qualquer anfitrião, fornecendo-lhe instrumentos para ter sucesso e oferecer uma experiência de alta qualidade aos hospedes, sendo o efeito de rede uma das principais vantagens competitivas:

A maioria das reservas é de curta duração…

… sendo, em média, de 3-4 noites por reserva:

A América do Norte é a zona que tem o custo mais elevado do mundo…

… sendo o seu principal mercado:

Como é natural, a Covid-19 prejudicou o crescimento do negócio…

… e, além disso, a empresa tem vindo a sofrer um aumento da pressão por parte dos principais concorrentes:

As reservas anuais cresceram 48% ao ano, mas o crescimento anual tem vindo a desacelerar:

Ainda assim, acredito que o Annual Gross Booking Value possa vir a ultrapassar os $100 B em 2025.

Desenvolvimento

No IPO vão ser disponibilizadas 51 milhões de acções Class A (há 4 classes de acções semelhantes com diferentes direitos de votos)…

… e é possível que as acções superem os $60. A avaliação de $42 B, considerando a Receita de 2019…

… eleva o PSR19 para 8,75.

A análise feita pelo Aswath Damodaran (que vale o que vale… pois ele assumiu várias premissas incertas de crescimento e de risco), indicou dois caminhos para os investidores – trading game vs investing game. Não ficaria admirado se os trading gamers elevassem o preço das acções acima de $100 per share nas próximas semanas, mas Damodaran considera que um Market Cap acima de $44 B já é caro. Já abaixo de $28 B é pechincha:

No entanto, não deixem de ver esse vídeo, pois contém muita informação que, por falta de tempo, não pude analisar.

Conclusão

A Covid-19 impactou o forte crescimento da Airbnb (que já estava a desacelerar, é certo), mas as perspectivas são boas. A empresa espera voltar a crescer em 2021 e nos anos seguintes. Nunca investi em IPO’s e, provavelmente, nunca vou investir. Não sei o que vai acontecer às acções da Airbnb logo após o IPO, mas tenho uma intuição: os traders vão inicialmente dominar o jogo, elevando o preço das acções (pois já há muito são esperadas pelo mercado) e, daqui a uns tempos, os investidores entrarão em força abaixo dos $40 B. 

Por decisão pessoal, o autor do texto não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico

 

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender acções.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objectivos de cada um Subscritores do BorjaOnStocks.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O BorjaOnStocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site BorjaOnStocks. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Borja on Stocks.

análises relacionadas