Agora fiquei agarrado à QuickLogic

Bom dia caros Subscritores,

O plano era chegar ao escritório e analisar uma ação europeia, mas tinha ficado a pensar naquela QuickLogic que “encontrei” ontem e não resisti a ir ler as explicações que me trouxeram sobre o que é afinal um eFPGA (?).

Li os posts do Bruno Guilherme e do mrveri, assim como um e-mail do a.cr.sousa com o seguinte artigo…

…que me levou a este outro:

“eFPGA” significa embedded Field Programmable Gate Array e, se percebi bem, é um micro componente que se junta a um microchip de forma a torná-lo mais versátil e responsivo. Tem a ver com adicionar software ao hardware.

Das explicações que me deram o que se passa é que estes eFPGA eram custom made e envolviam muito trabalho de programação e o que a QuickLogic tem, através do seu Australis, é um gerador de eFPGA mais rápido e eficiente, por utilizar muitos sistemas automáticos, diminuindo o tempo de criação de eFPGA de meses para semanas ou mesmo dias.

Naquela primeira aproximação vi que as receitas da QuickLogic aumentaram 83% no 1º trimestre de 2022, para $4,1 M e agora que fui ler a transcrição da conference call vi que a guidance aponta para $4,5 M no 2º trimestre e $20 M no total do ano, sendo que a gestão perspetiva que as receitas irão crescer pelo menos 50% em 2023, para mais de $30 M. A QuickLogic ontem fechou nos $73 M.

Este forte crescimento é muito bom e atrativo, mas tem de ser acompanhado por uma passagem aos lucros, que é o que se perspetiva, se não já no 2º trimestre, no 3º é praticamente dada uma garantia, porque tem a ver com contratos que estão a ser assinados agora.

Esta parte é moderadamente entusiasmante, mas, tal como acontece frequentemente com o Kevin O’Leary do Shark Tank, o que pôs os meus olhos a brilhar foi a palavra… royalties!

Royalties é quando uma empresa recebe uma percentagem das vendas de um produto vendido por outra empresa. No caso da QuickLogic o que dizem na conference call é que os contratos têm um valor upfront (que tem sido $1 M, ou $1,5 M por contrato) e cerca de 15 a 20 meses depois, quando os produtos que utilizam eFPGA gerados pelo Australis chegarem ao mercado, começarão a chegar royalties à QuickLogic.

O nome royalties é apropriado, porque estas receitas pertencem à realeza, pelas margens extremamente elevadas que proporcionam. Uma royalty só não é lucro líquido porque existem impostos sobre o lucro.

As royalties da QuickLogic aparentam ser low single digits, ou seja, inferiores a 5%…

Agora fiquei agarrado à QuickLogic 1 - Borja On Stocks

…mas como recentemente angariaram clientes muito grandes, tipo a TSM ($463 B cap), os volumes podem ser muito grandes.

O TOP5 Tenbagger ainda está longe do seu lançamento, mas tenho uma vaga no TOP20 Small Caps US, que pode vir a ser preenchida pela QuickLogic.

Mas preciso de mais tempo para investigar uma série de situações… ainda não tive tempo de ler o form 10-K, nem de ver as tendências históricas, que sendo sempre importantes, neste caso não são assim tanto, porque a empresa aparentemente está numa grande transformação.

Vou continuar a estudar a QuickLogic e prometo uma 3ª análise mais completa e definitiva.

Agora fiquei agarrado à QuickLogic 2 - Borja On Stocks

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender ações.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objetivos de cada um Subscritores do Borja on Stocks.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O Borja on Stocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site Borja on Stocks. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Borja on Stocks.

Outras análises à mesma empresa

Análises Relacionadas

ANÁLISES MAIS RECENTES

Bem-vindo de volta!

Recupere a sua palavra-passe

Por favor, insira o seu nome de utilizador ou email para redefinir a sua palavra-passe.

Iniciar sessão