Resultados 2020: Maisons du Monde

1. Contexto

Como é hábito vou começar por reler as análises publicadas e os comentários mais recentes no fórum:

Análises às ações da Maisons du Monde

Em comparação com a primeira análise a estrutura acionista evoluiu da seguinte forma: a Teleios que detinha 2,39 milhões de ações (5,29%) agora possui 9,13 milhões de ações (20,19%), a Majorelle não estava presente na altura, mas agora já controla 4,53 milhões de ações (10%) e a Sycomore continua com 2,2 milhões de ações (cerca de 5% do capital):

2. Resultados

Os analistas apontavam para os 1.180 M€ de vendas e para um lucro de 36 M€.

Full-year 2020 results

As vendas foram de 1.182 M€ e o prejuízo foi de 16,1 M€.

3. Pontos Positivos

As vendas online aumentaram 29% e representaram 33% do total de vendas:

Conteúdo Exclusivo a Subscritores

Se já é membro

Preparado para INVESTIR nas MELHORES AÇÕES?

Tenha acesso ilimitado a conteúdo exclusivo. Mais de 1.900 análises a ações do mercado Europeu e Americano.

A margem bruta aumentou 0,5 pontos percentuais e situou-se nos 65,8%:

A dívida líquida diminuiu ao longo de 2020. Sem contar com os leasings esta é de 96 M€ contra os 143 M€ em 2019:

A gestão pretende abater o State guaranteed term loan no valor de 150 M€ no início de junho de 2021…

… e pretende distribuir um dividendo de 0,3 € por ação.

4. Pontos Negativos

A gestão reconheceu 51 M€ de imparidades referentes à Modani e está a considerar strategic options o que me dá a entender que é possível a venda do segmento:

O número total de lojas diminuiu – inclusive na França. Porém, a área comercial aumentou ligeiramente:

As lojas estiveram fechadas num total de 3 meses ao longo de 2020:

Aqueles 297 M€ mencionados pela CEO são influenciados pelos 150 M€ da ajuda estatal.

Apesar dos inventários terem diminuído 40 M€, os receivables aumentaram 57 M€ e os payables aumentaram 35 M€.

O plano estratégico 2020-2024 está a ser revisto e será apresentado no outono de 2021:

As vendas das lojas diminuíram 14,3% em comparação com 2019:

5. Perspetivas

O outlook apresentado pela gestão é o seguinte:

As estimativas para as vendas apresentadas pelos analistas vão de encontro às da gestão:

O CAGR das vendas entre 2020 e 2023 é de 7,9% enquanto o CAGR do resultado líquido é de 12,2% entre 2021 e 2023 (atenção para o crescimento entre 2021 e 2022 porque entre 2022 e 2023 os analistas não apontam para crescimento).

6. Conclusão

Considero que o PER21, nos 15, é adequado. Sem perspetivas de crescimento ao longo dos próximos anos e com a possibilidade de sair do mercado americano não considero que a Maisons du Monde seja um investimento atrativo neste ponto.

7. Comentário do César

Não estava à espera que a Maisons du Monde fosse recuar no seu plano de expansão nos Estados Unidos.

Realmente muitas empresas europeias, quando vão para lá competir, levam porrada e voltam para casa, lambendo as feridas, que é como quem diz, registando as imparidades.

A Catarina gosta de encomendar coisas da Maisons du Monde, a última foi um fire pit para o exterior que ao primeiro dia de chuva ficou com ferrugem… enviou fotos a reclamar para o apoio ao cliente e, até ao momento, não recebeu qualquer resposta.

Tal como o Artur, nos 837 M€, eu não acho que a Maisons du Monde esteja cara, mas perdeu aquela perspetiva de crescimento que era dada pela presença e expansão nos Estados Unidos. Agora é uma história de comprar baixo (PER abaixo de 8) e vender alto (PER acima de 16).

Neste momento o PER22 está nos 13,6.

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender ações.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objetivos de cada um Subscritores do BorjaOnStocks. 

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O BorjaOnStocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação. 

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site BorjaOnStocks. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Borja on Stocks.

Deixe uma resposta

mercado europeu

Preparado para INVESTIR nas MELHORES AÇÕES?