Caça-Dividendos não resistem à Sonae Capital

1. Contexto Histórico

Vou analisar a Sonae Capital pela 5ª vez. As quatro primeiras análises foram as seguintes (paywall):

Vou relê-las, de baixo para cima, isto é, da mais antiga para a mais recente.

Penso que o facto da Sonae Capital ser composta por seis segmentos completamente diferentes sempre tornou pouco claras as minhas análises a este título.

Está-se a ver que, se existir um bull market mais ou menos prolongado na Euronext Lisboa, aliado a bastante otimismo por parte dos investidores e disponibilidade para pagar um preço elevado, a Sonae Capital irá fazer um spin off de dois ou três destes segmentos, seguindo o modus operandi histórico da Sonae SGPS.

Talvez não aconteça como digo, pois é possível que os filhos de Belmiro (neste caso a filha, Cláudia Azevedo) tenham ideias diferentes acerca de como valorizar os seus activos no mercado de capitais.

Vou ler a apresentação de resultados do 1º trimestre.

Os problemas que tive nas análises anteriores permanecem após a leitura desta apresentação de resultados, pois como sempre, os fundamentais de alguns segmentos melhoraram e outros pioraram. Além disso existe uma sazonalidade acentuada em alguns segmentos.

Vou atualizar os gráficos das principais tendências fundamentais da Sonae Capital como um todo:

sonae capital valor de mercado

O Valor de Mercado, que no final de 2012 era de apenas €35 milhões, está agora nos €237 milhões.

As Vendas em 2016 foram de €191 milhões, acima das estimativas dos analistas, que apontavam para os €180 milhões:

sonae capital vendas

Para 2017 os analistas estimam um crescimento moderado, para €194 milhões em Vendas.

Em relação ao Lucro, os analistas esperavam €9,1 milhões em 2016, afinal foi quase o dobro, fixando-se nos €17,6 milhões:

sonae capital lucros e prejuízos

Só que, continuam a prever um ligeiro Prejuízo em 2017. No 1º trimestre a Sonae Capital sofreu um Prejuízo de €4,85 milhões:

Após as alienações de ativos não estratégicos em 2016 (Norscut, entre outros) e da venda de três terrenos em Tróia por €50 milhões à filha de Amâncio Ortega, a Sonae Capital, em 30 de março de 2017, tinha os rácios do Balanço mais saudáveis de toda a Euronext Lisboa:

sonae capital balanço

Nota: se desejar compreender bem os rácios do Balanço e outros termos que utilizo frequentemente nas análises, consulte o Glossário

Daí que se compreendam, não só os avultados investimentos no segmento de Energia …

… mas também os 10 cêntimos por ação de dividendo ilíquido a distribuir aos acionistas…

… o que representa um custo de cerca de €24,4 milhões.

É caso para dizer: não podem ver um Balanço saudável!

2. Perspetivas

Apesar dos resultados negativos no 1º trimestre, o relatório está pejado de comentários otimistas para o futuro, em relação a todos os segmentos:

É difícil avaliar a Sonae Capital porque os fundamentais, pelo menos a curto prazo, parecem depender mais do valor da venda de ativos não estratégicos, ou de certos ativos imobiliários em Tróia, do que dos seus segmentos ao nível operacional. Quer os Lucros do ano passado, quer possivelmente os deste ano (caso os analistas se enganem novamente) serão fortemente influenciados por estes fatores não recorrentes.

Ao nível operacional os segmentos no seu conjunto apresentam um EBITDA magrinho:

Apenas €0,53 milhões no trimestre, a descer 62% face ao mesmo período do ano anterior. É previsível que este valor aumente nos próximos trimestres, mas se não existirem novamente mais valias extraordinárias, o Lucro da Sonae Capital, a existir, deverá ser reduzido e possivelmente insuficiente para justificar a valorização de €237 milhões atual.

Não há dúvidas que a Sonae Capital foi uma excelente compra em 2012-2015 e que …

sonae capital gráfico

… a tendência de longo prazo é ascendente.

3. Conclusão

A 3ª parte, a da Conclusão, só está disponível para os Subscritores do Borja on Stocks. Obtenha mais informações acerca da Subscrição do Borja on Stocks

Disclaimer  

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e nunca deverá ser entendida como uma recomendação de compra ou venda de ações. O BorjaOnStocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação. Se necessitar de conselhos financeiros, procure sempre os serviços de um profissional devidamente autorizado e credenciado. 

Consulte o Disclaimer completo do BorjaOnStocks.