SBM Offshore em progressiva deterioração

Bom dia!

A SBM Offshore fez parte da iniciativa experimental de trading de curto prazo “X-Peculator” que desenvolvi em maio de 2016, mas nunca a analisei de forma profunda.

Na altura tinha-a comprado por €11,025 e aquando do fecho da experiência no final do mês a cotação estava nos €10,62, gerando uma menos valia de 3,67%. Hoje um subscritor, o António Rodrigues, escreveu-me a perguntar “o que se passa com a SBM Offshore?” Verifico que está a cair 12%, mas a cotação depois dessa queda é de … €11,56, ou seja, cerca de 5% mais alto que a cotação de entrada de X-Peculator:

382

Mas enfim, tudo isto é irrelevante para o propósito desta análise, que é avaliar as perspetivas da SBM Offshore em termos de longo prazo. Estava apenas a justificar o salto na ordem alfabética, do ICT Group de ontem para a SBM Offshore hoje (isto faz-me lembrar que também vi algures um pedido para saltar a ordem e analisar a KPN, essa fica para segunda-feira).

1. Apresentação

A SBM Offshore fornece equipamentos e serviços à indústria petrolífera offshore, ou seja, no mar. Constrói plataformas petrolíferas flutuantes, navios petroleiros, sistemas de perfuração em alto mar e ligações marítimas para transporte de petróleo e gás natural. Os navios e plataformas podem ser fornecidos em sistema de leasing ou vendidos chave-na-mão (turnkey).

Vejamos a dispersão das vendas da SBM Offshore, por segmentos e por países:

383

Hmm, não tinha ideia que cerca de 62% das receitas da SBM Offshore tinham origem no Brasil e Angola, dois países que não tem assim tantas reservas de petróleo quanto isso, Angola tem reservas para mais 15 anos (tenho de corrigir um erro de cálculo no artigo sobre Angola) e o Brasil para mais cerca de 14 anos de produção, tendo em conta as reservas provadas (que podem ser expandidas) e o nível de produção anual atual.

2. Principais Acionistas

O Hal Trust, que já analisei, é o maior acionista:

384

3. Gráfico de Longo Prazo

386

4. Evolução do Nº de Ações e Valor de Mercado

387

Nos últimos 16 anos o nº de ações emitidas pela SBM Offshore subiu ao ritmo médio anual de 6%, o que é bastante agressivo. O Valor de Mercado subiu ao ritmo médio anual de 4,3% e hoje em dia a empresa está avaliada em $2 759 milhões pelo mercado.

Nota: Os valores para esta empresa estão todos em USD, só mesmo a cotação é que é em EUR

5. Evolução das Vendas e Price to Sales Ratio

388

Após 14 anos de forte crescimento houve uma violenta quebra das Vendas em 2015 e os analistas estão pessimistas para 2016, 2017 e 2018.

6. Lucro e PER

389

O Lucro esteve relativamente estável nos anos de 2005-2010, mas em 2011 a empresa apresentou um Prejuízo de €523 milhões, o que contrasta com os €576 milhões de Lucro em 2014.

Ao contrário do que acontece ao nível das receitas, para o Lucro os analistas estão mais otimistas, pois esperam um Lucro de €191 milhões em 2016 e de €220 milhões em 2017.

O PER 2016 está em 14.

7. Notícia de Hoje

Procuradoria vê ‘defeitos’ e não homologa acordo de leniência com a SBM Offshore

Basicamente havia um acordo entre o Estado Brasileiro e a SBM Offshore para o pagamento de umas compensações que têm a ver com o escândalo de corrupção na PetroBras e esse acordo foi revogado pela Procuradoria.

Não acho a notícia assim tão relevante para a SBM Offshore, no futuro deverá haver outro acordo qualquer, em princípio semelhante ao anterior.

8. Rácios do Balanço

391

Não gosto nada dos desenvolvimentos no Balanço da SBM Offshore, que está cada vez mais alavancado em dívida.

9. Perspetivas

É verdade que estou bullish no barril de petróleo em termos de médio prazo (desde valores abaixo dos $30 em fevereiro de 2016), mas os fundamentais intrínsecos da SBM Offshore estão em progressiva deterioração. É curioso como uma análise superficial me dava indicações positivas, mas esta análise mais profunda e com mais histórico me dá indicações negativas.

Ainda que a SBM Offshore seja uma ação interessante para os traders de curto prazo – pela sua liquidez e volatilidade – penso que os investidores farão melhor em procurar outras oportunidades.

10. Conclusão

Acho quase impossível a SBM Offshore chegar ao Portfolio TOP10 Amesterdão, com tantas ações tão atrativas nunca iria para esta com fundamentais, no mínimo, suspeitos.

Disclaimer  

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e nunca deverá ser entendida como uma recomendação de compra ou venda de ações. O BorjaOnStocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação. Se necessitar de conselhos financeiros, procure sempre os serviços de um profissional devidamente autorizado e credenciado.

Consulte o Disclaimer completo do BorjaOnStocks.