IMCD com tendências fundamentais apelativas

Bem-vindo à 45ª ação de Amesterdão, a IMCD, que não faço ideia o que significa. Mas vou já descobrir.

1. Apresentação

A IMCD é uma empresa baseada na Holanda que se especializa na venda, marketing e distribuição de produtos químicos, em químicos aplicados em matérias primas e ingredientes de comida. O seu portfolio de produtos inclui químicos de várias áreas, tais como: farmacêuticos, cuidados pessoais, coberturas, comida e nutrição, lubrificantes, sintéticos, plásticos, detergentes, agro-químicos, têxteis, tratamento do lixo e da água, corte e explosão de areia, sabores e fragrâncias, petróleo e gás, polimento, etc.

A empresa opera uma rede global de aprovisionamento, com armazéns locais que proporcionam serviços de valor acrescentado, tais como empacotamento, diluição e junção de produtos químicos.

Está presente na Europa, Ásia, América do Norte, América do Sul e Austrália. Em Portugal a IMCD está em Lisboa e Porto.

Alguns nºs sobre a empresa:

553

27 mil produtos e 32 mil clientes é obra!

2. Principais Acionistas

548

O maior acionista, com 10% do capital, é o Fidelity Management & Research Company, um fundo de investimento norte americano e o free float é de 94,65%.

3. Gráfico de Longo Prazo

549

Verifico que a OPV foi há pouco mais de dois anos e que a parte direita do gráfico está mais alta que a esquerda, logo a tendência é ascendente.

4. Evolução do Nº de Ações e Valor de Mercado

550

Nota: Nos anos de 2011, 2012 e 2013 considerei a cotação de entrada da IMCD na Euronext Amesterdão, que foi €22

O Valor de Mercado atual da IMCD é de €1 926 milhões.

5. Evolução das Vendas e Price to Sales Ratio

551

As Vendas têm crescido ao ritmo médio de 15% ao ano e para 2016 os analistas que seguem a empresa esperam Vendas de €1 715 milhões. O Price to Sales Ratio está na sua média histórica.

6. Lucro e PER

554

Por vezes surgem diferenças entre aquilo que os analistas chamam de “lucro real” e o lucro que é apresentado nos Relatórios e Contas e isso acontece na IMCD, que para 2016 se espera que lucre €107 milhões, mas que “no papel” apresente apenas €79 milhões. Nesta análise não cabe explicar estas diferenças que por vezes têm a ver com diferentes critérios contabilísticos.

Vemos que a empresa vem dos Prejuízos para os Lucros e que o crescimento tem sido acelerado. O PER é de 16.

7. Último Relatório de Gestão

Vou ler a apresentação de resultados do 1º semestre de 2016, estou algo intrigado com esta empresa. Explica que as diferenças têm a ver com amortizações e outras despesas que são apenas contabilísticas e que a maior parte do crescimento vem de aquisições de outras empresas no Continente Americano. Mas o relatório não dá muita cor ao que é o negócio da IMCD.

8. Rácios do Balanço

555

O capital obtido com a OPV serviu para melhorar substancialmente o Balanço da IMCD.

9. Perspetivas

Se a tendência é um indicador valioso (normalmente é), tudo indica que a IMCD vai continuar a crescer a taxas elevadas, quer seja através de crescimento orgânico, quer de aquisições. A valorização, quer em termos do múltiplo das vendas, quer do múltiplo dos lucros, não parece excessiva.

10. Conclusão

Esta ação faz-me lembrar outra que analisei há uns tempos, a Hunter Douglas, mas esta IMCD parece ter um crescimento superior. As tendências fundamentais são apelativas, mas sinto que saio da análise sem conhecer muito bem o negócio. Continuarei a acompanhar a IMCD, mas por enquanto não entra no Portfolio TOP10 Amesterdão.

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e nunca deverá ser entendida como uma recomendação de compra ou venda de ações. O BorjaOnStocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação. Se necessitar de conselhos financeiros, procure sempre os serviços de um profissional devidamente autorizado e credenciado. 

Consulte o Disclaimer completo do BorjaOnStocks.