O melhor presente de aniversário de sempre

Caríssimos,

Devo dizer que nos últimos dias recebi o melhor presente de aniversário de toda a minha vida e esse presente não é um objeto, é uma história.

Vou contar-vos esta história.

Não vou começar desde o início, ou seja, desde que tenho memória …

investimentos de longo prazo em ações

… nem sequer desde que comecei a interessar-me pela Bolsa e as ações, aos 20 anos:

investimentos de longo prazo em ações

Por trás da farta cabeleira está uma das minhas pilhas de exemplares do Diário Económico, que guardava diligentemente com o objetivo de fazer um ficheiro com as notícias de todas as empresas cotadas em Bolsa. Nessa altura, se já havia internet, eu não sabia!

Não, esta história começa em 2009, quando eu já tinha 33 anos, três filhos (agora tenho quatro) e o herói da história, Bruno Jordão, tinha 29.

Em 2009 comecei um sítio de análises a ações nacionais, o BorjaInvest. Fiz umas análises em vídeo no YouTube às ações do PSI20, uns Resumos Diários e comecei a ter alguma audiência. A certa altura um homem contactou-me, disse que queria ir almoçar comigo e que me pagava €500 pela experiência. Foi surpreendente, digamos assim. O homem era extraordinário, muito simpático e queria saber tudo sobre futuros. Nesta altura eu transacionava futuros há 11 anos e tinha lido bastantes livros sobre o assunto. Era mais do que uma paixão, era uma obsessão. Decidi então fazer um Curso de Futuros no BorjaInvest para ele e o Bruno Jordão também se inscreveu. Só tive dois alunos, mas dei tudo por eles.

Um episódio curioso que me liga pessoalmente ao Bruno Jordão. Quando o meu filho mais velho estava perto de fazer 6 anos praticava ténis (ainda pratica) e a certa altura queríamos que ele fosse a um torneio, para experimentar. Era o seu primeiro torneio e eu disse-lhe, “vamos treinar uma hora por dia, todos os dias, depois do mercado fechar – às 21 horas – durante três meses e depois prometo que te levo a um torneio”. E assim foi, treinámos todos os dias durante três meses e depois inscrevê-mo-lo no primeiro torneio que encontrámos na internet, que era em Coimbra e nós vivíamos na Ericeira. No dia do torneio arrancámos com tempo suficiente, mas quando cheguei a Coimbra, não conseguia de forma alguma encontrar o sítio do torneio. Andei imenso tempo às voltas de carro e não dava com o sítio, a hora do início já tinha passado e eu estava bastante nervoso. O meu filho já estava aflito por ir competir e com aquelas voltas todas vomitou a roupa e o carro todo. E não, eu não tinha uma roupa suplente. Nessa altura, já desesperado, telefonei à única pessoa que conhecia em Coimbra, o meu aluno do curso de futuros, o Bruno Jordão. Ele apareceu e levou-nos ao torneio … os courts eram dentro de uma escola que parecia abandonada, nunca teria encontrado o sítio sozinho. Depois o Jordão ficou ali … ficámos os dois. O Lucas chegou bastante atrasado ao torneio, todo vomitado, mas mesmo assim deixaram que ele jogasse. E ele, sendo o mais novo e mais pequeno, venceu:

investimentos de longo prazo em ações

Se não fosse o Jordão, o Lucas não teria tido esta experiência que ainda hoje recordamos com alegria. Depois almoçámos todos num Shopping de Coimbra e falámos sobre futuros e ações (a ação favorita dele era a AIG).

Voltando ao curso de futuros, o primeiro aluno (como é que é possível não me lembrar do nome dele? Só sei que era do Norte e trabalhava na indústria têxtil – pode ser que apareça a comentar este texto) seguiu com uma experiência nos futuros muito intensa, mas que não sei como acabou. O Jordão aprendeu tudo, mas acho que nunca se meteu no mercado real dos futuros. Na altura lembro-me de comentar com a Catarina que ele era “muito sólido do ponto de vista psicológico”.

O BorjaInvest continuou e, naquela altura, tal como agora, as oportunidades na Euronext Lisboa não eram muitas e não tinham lá muito potencial (afinal a Corticeira Amorim e JMT até tinham!). Eu tinha passado os anos de 2005-2008 a analisar ações americanas (foi aí que comecei a aprender Análise Fundamental) e progressivamente fui levando os Subscritores do BorjaInvest para as ações americanas. O Jordão, que não se meteu nos futuros, preferiu comprar algumas das ações americanas que eu tinha no Portfolio recomendado. Comprou, entre outras, a ação que acabei de analisar, a Tucows:

investimentos de longo prazo

Na altura a minha motivação para ter esta ação no Portfolio era o CEO a comprar ações, a própria empresa a comprar ações, as Vendas a aumentar e o PER baixo, em torno dos 7. Estava longe de imaginar que iria subir imenso como subiu, mas os fundamentais estavam lá.

Passados uns meses um departamento da CMVM ordenou que eu fechasse o BorjaInvest até que lhes providenciasse um dossier com informações para análise. Trabalhei nesse dossier várias semanas e entreguei-o pessoalmente na CMVM. Isto foi em 2010. Ainda hoje estou à espera de resposta.

Desanimado, fechei o BorjaInvest, larguei novamente as ações e voltei à minha obsessão, os futuros. Levei alguns comigo, mas, o Bruno Jordão, que inicialmente me procurou por causa dos futuros, não quis. Ficou nas ações. Eu não tinha dito que ele era muito sólido do ponto de vista psicológico? Quatro anos mais novo do que eu e sem experiência, mas aguentou-se! Ele aguentou-se e eu não.

Passados uns anos ele contactou-me para analisar novamente a Tucows e a MadCatz, duas ações que eu tinha recomendado e ele mantinha. Não lhe liguei nenhuma, ainda estava um bocado sentido por ele não me ter acompanhado nos futuros … de qualquer modo ele subscreveu o Borja on Stocks e, depois de alguma insistência, lá fiz uma curta análise destas ações para ele. E agora ele veio novamente e apanhou-me numa fase em que tudo fez luz na minha cabeça e ele deu-me o melhor presente de aniversário que já alguma vez recebi!

Vou explicar: a minha missão na vida não é ser um grande investidor, não é ser um grande capitalista. Nasci pobre e sempre poupei pouco. Não tenho aquilo que é preciso, a capacidade de sacrifício, a paciência, a consistência psicológica.

Não sou um investidor de sucesso. Sou apenas um analista. A minha missão na vida é ajudar os investidores a escolherem melhor as suas ações, é dar-lhes boas ideias de investimentos de longo prazo, é servi-los com research de qualidade, dar-lhes segurança nas suas decisões e apoiá-los. Se eu fosse um grande capitalista provavelmente não prestaria este serviço. Não teria a vocação, nem a motivação, nem o interesse.

Portanto, não, eu não tenho ações da Tucows. Não estou a ganhar montes de bags de lucro com ela … mas o Bruno Jordão tem. O Bruno Jordão está a ganhar. E é só isso que eu preciso.

Ele agora pagou à minha empresa €45 por esta análise individual à Tucows , mas os Subscritores do Borja on Stocks só pagam o valor da subscrição, que é €30 por mês, ou €360 por ano (depende do plano que escolherem) por TODAS as análises que eu produzo. E faço pelo menos uma todos os dias úteis. As ações que são consideradas as mais atrativas vão para os Portfolios recomendados, tal como em 2009.

Não sei se mais alguma vez vou incluir uma ação que suba tanto como a Tucows nos Portfolios, e vou certamente errar muitas vezes (desde que assuma e corrija esses erros, tudo bem!), mas as coisas têm corrido bastante bem e estou otimista.

Os Subscritores estão felizes com o serviço, como se pode ler nos muitos testemunhos que amavelmente colocaram no Google e na página do Borja on Stocks no Facebook.

Eu sei que há muita gente desconfiada, que há muitos papagaios que não me conhecem de lado nenhum e passam a vida a denegrir-me na internet, mas eu sinto-me realizado com o meu trabalho. Os cães ladram, mas a caravana passa. É um trabalho difícil, mas adoro-o. E adorá-lo-ei cada vez mais conforme for conseguindo resultados para os meus Subscritores. A minha missão na vida é ajudá-los. Claro que têm de me pagar, pois também quero ter uma vida boa e poder proporcionar aquilo que os meus filhos precisam. Também quero ter segurança e ser feliz.

Não vou ser um grande investidor, não vou ser um grande capitalista. Mas não seria isso que me realizaria. O que me realiza é servir o melhor possível os investidores.

E o Bruno Jordão e todos os outros que apreciam o meu trabalho deram-me o meu melhor presente de aniversário de sempre!

(é só amanhã, mas já estou em comemoração, espero que não dê azar, vou ter cuidado)

Muito obrigado e agora… de volta às análises!

César Borja

Nota: caso tenha dúvidas ou questões acerca do serviço do Borja on Stocks, por favor envie um e-mail para catarina@borjaonstocks.com ou ligue para o 933 529 390

<a href="https://www.linkedin.com/in/cesar-borja/" target="_blank" rel="noopener">César Borja</a>

Licenciado em Economia pelo ISEG e investidor particular em ações desde 1998.
Concluiu a Pós-Graduação em Análise Financeira no ISEG, tendo obtido a certificação CEFA. Também passou no exame CFA Level I.  

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender ações.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objetivos de cada um Subscritores do Borja on Stocks.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O Borja on Stocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site Borja on Stocks. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Borja on Stocks.

Artigos Relacionados

12 Coisas que Precisa de fazer ANTES de comprar uma Ação

Ebook com tópicos do que deve fazer antes de comprar uma ação. 

Bem-vindo de volta!

Recupere a sua palavra-passe

Por favor, insira o seu nome de utilizador ou email para redefinir a sua palavra-passe.

Iniciar sessão