O homem que só compra e nunca vende

Depois de ter estudado a estratégia do campeão que vende sempre a ganhar, estou curioso para fazer um estudo muito simples, que se baseia no seguinte:

  • E se alguém tivesse simplesmente  comprado 1.000 € em cada ação que está atualmente no PSI20 e tivesse mantido todas até hoje, qual seria o resultado?

OK, isto é verdadeiramente surpreendente, este investidor que apenas comprou e nunca vendeu, investiu 18 000 € e agora tem 74 321 €, um ganho de 312,9% em 20 anos, numa taxa média anual de rendibilidade de 7,3%. Isto sem contar com os dividendos, que teriam acrescentado uns 2% ao ano a este resultado.

Claro que neste caso também estou a desconsiderar a hipótese dele ter comprado ações que estiveram no PSI20 e que entraram em decadência (BES, Banif, etc) e, por outro lado, estou a considerar que ele comprava ações como a Altri, a Corticeira Amorim e a Ramada muito antes dessas ações entrarem no PSI20.

Mas as condicionantes são as mesmas que as do campeão que vende sempre a ganhar e na realidade os resultados mostram que o campeão levou uma grande abada deste investidor que, ainda que tendo uma estratégia básica, é paciente, diversificado e confiante.

Ainda há um estudo que seria interessante fazer, que é o do investidor que vende as ações em que está a ganhar para reforçar naquelas em que está a perder, mas seria demasiado penoso: é evidente que essa é a pior estratégia de todas! Mas provavelmente é a mais popular, por isso é que muitos se queixam de terem perdido na Bolsa… vendem as boas para comprar mais das más e depois queixam-se.

Então e se fosse possível reconhecer quais são as boas e as más ações e investir só nas boas, evitando as más? Essa estratégia provavelmente daria excelentes resultados… mais sobre esta estratégia amanhã.

César Borja

Receba mais artigos como este no seu email:

Pesquisar

Receba o E-book GRÁTIS

SIGA-nos

JUNTE-SE AO NOSSO Grupo NO Facebook

Receba a nossa Newsletter Gratuita

Receba as notícias e novidades do Borja On Stocks no seu email.