O esqueleto das ações da Euronext Lisboa

No artigo anterior escrevi sobre os Senhores da Bolsa de Lisboa, que são os investidores que fazem parte da nossa comunidade e que nos vão trazendo informações valiosas sobre as empresas.

Posso inadvertidamente ter dado a entender que partilhamos informação confidencial, mas isso nunca aconteceu… são apenas notícias, pontos de vista, experiências pessoais como clientes, etc.

Uma das principais causas do nosso sucesso com as ações da Euronext Lisboa…

O esqueleto das ações da Euronext Lisboa 1 - Borja On Stocks

…que esperamos continuar nos próximos anos e décadas, é a utilização de uma ferramenta que qualquer investidor pode ter, se trabalhar bastante na recolha de dados fundamentais históricos.

É possível obter, nos relatórios e contas das empresas, uma série de dados financeiros em termos históricos, que por sua vez permitem calcular uma série de indicadores que nos dão uma perspetiva histórica de zonas de subavaliação e sobreavaliação das ações.

No Borja on Stocks recolhemos séries históricas de 20 dados fundamentais, para podermos calcular 19 indicadores de Análise Fundamental.

Os 20 dados fundamentais são os seguintes:

  1. Cotação final do ano
  2. Dividendo por ação
  3. N.º de Ações básico
  4. Vendas
  5. EBITDA
  6. EBIT
  7. Dívida Financeira Total
  8. Caixa e Equivalentes
  9. Interesses Minoritários
  10. Ações Preferenciais
  11. Resultado Financeiro
  12. Resultado Antes de Impostos (RAI)
  13. Imposto sobre o Lucro
  14. Resultado Líquido
  15. Passivo
  16. Capital Próprio
  17. Ativo Corrente
  18. Passivo Corrente
  19. Inventários (stocks)
  20. Clientes (receivables)

Estes 20 dados formam o esqueleto de qualquer empresa. O esqueleto das empresas – tal como o das pessoas – começa pequeno e depois vai crescendo, quer porque quanto maior a longevidade da empresa, mais dados, quer porque normalmente os dados, ou números, se vão tornando maiores.

Este esqueleto só por si não se sustenta, é necessário adicionar os músculos, os órgãos, o sangue, a pele, etc de cada ação, que são os indicadores de Análise Fundamental.

Os 19 indicadores são os seguintes:

A – Valor de Mercado = Cotação final do ano (1) * N.º de Ações básico (3)
B – Múltiplo das Vendas = Valor de Mercado (A) / Vendas (4)
C – Múltiplo do EBITDA = Valor de Mercado (A) / EBITDA (5)
D – Dívida Líquida = Dívida Financeira Total (7) – Caixa e Equivalentes (8)
E – Enterprise Value (EV) = Valor de Mercado (A) + Dívida Líquida (D) + Interesses
Minoritários (9) + Ações Preferenciais (10)
F – EV / EBITDA = EV (E) / EBITDA (5)
G – Margem EBITDA = EBITDA (5) / Vendas (4)
H – Margem EBIT = EBIT (6) / Vendas (4)
I – Taxa Imposto sobre Lucros = Imposto sobre o Lucro (13) / RAI (12)
J – Margem Líquida = Resultado Líquido (14) / Vendas (4)
K – Price to Earnings Ratio (PER) = Valor de Mercado (A) / Resultado Líquido (14)
L – Price to Book Value = Valor de Mercado (A) / Capital Próprio (16)
M – Return on Equity Operacional = EBIT (6) / Capital Próprio (16)
N – Return on Equity = Resultado Líquido (14) / Capital Próprio (16)
O – Fundo de Maneio (Working Capital) = Ativo Corrente (17) – Passivo Corrente (18)
P – Liquidez Reduzida = (Ativo Corrente (17) – Inventários (19)) / Passivo Corrente (18)
Q – Liquidez Imediata = Caixa e Equivalentes (8) / Passivo Corrente (18)
R – Net Debt to EBITDA = Dívida Líquida (D) / EBITDA (5)
S – Debt to Equity = Passivo (15) / Capital Próprio (16)

Os números e letras entre parêntesis mostram onde se pode ir buscar cada dado. Repare que nenhum indicador necessita de dados fora daquela lista de 20.

Temos assim um organismo completo, cujo passado, o track record, é imutável, mas o presente muda de cada vez que a cotação se altera e muda mais profundamente a cada apresentação de resultados.

Foi com o apoio deste organismo que identificámos oportunidades como a da F. Ramada em novembro de 2015 (mais valia de 115,8%, mais dividendos), Corticeira Amorim também em novembro de 2015 (mais valia de 101,1%), Sonae Indústria em junho de 2016 (+173,7%) e outras superiores a 50%, como na Novabase, EDP Renováveis, Mota-Engil e Altri.

Claro que não foram só sucessos… ao longo de seis anos e meio, em 31 transações completas houve 9 menos-valias, sendo que o resultado médio das menos valias foi -17%.

Mas a joia da coroa das nossas picks, que continua a ser detida, é a Martifer, que está a valorizar 594% desde a nossa recomendação e correspondente entrada no TOP10 Lisboa, que é o portfolio público que reúne as 10 ações portuguesas que, a cada momento, consideramos mais atrativas para investimentos a longo prazo.

A Martifer foi recomendada principalmente porque estava valorizada por menos de 1/10 das suas Vendas anuais…

O esqueleto das ações da Euronext Lisboa 2 - Borja On Stocks

…e porque os resultados do 1º trimestre de 2016 mostraram alguns catalisadores positivos, nomeadamente a redução da dívida líquida, o aumento da carteira de encomendas e a alienação da Martifer Solar, mostrando que a gestão se estava a focar naquilo que sabia fazer melhor, a construção metálica e naval, através da West Sea.

Mas o maior fator de confiança adveio da manutenção do n.º de ações emitidas…

O esqueleto das ações da Euronext Lisboa 3 - Borja On Stocks

…apesar dos prejuízos avultados nos 7 anos anteriores! Isto mostrou-me que os interesses da gestão estavam alinhados com os dos acionistas minoritários e que, apesar de todas as dificuldades, ninguém queria diluir a sua posição.

A nossa missão no Borja on Stocks é ajudar os investidores particulares em ações a obterem mais segurança e resultados superiores nos seus investimentos em ações. Acreditamos que uma das melhores formas de subir o elevador social, digamos, do 3º até ao 10º andar, é investir em ações fundamentalmente atrativas.

Acreditamos também que o organismo que descrevi, estes dados, indicadores e gráficos, contribuem para esta missão.

Por isso aqui tem, pode descarregar o organismo da Euronext Lisboa.

Atenciosamente,

César Borja

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender ações.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objetivos de cada um Subscritores do Borja on Stocks.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O Borja on Stocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site Borja on Stocks. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Borja on Stocks.

Artigos Relacionados

Download ebooks grátis

e-books sobre Investimento em Ações

Cinco e-books inspiradores e informativos sobre investimentos em ações

Bem-vindo de volta!

Recupere a sua palavra-passe

Por favor, insira o seu nome de utilizador ou email para redefinir a sua palavra-passe.

Iniciar sessão