Mega Cap: Microsoft

1. Introdução

No âmbito da análise nova escolhida pelos Subscritores, a Microsoft foi a vencedora desta semana, com 47 votos:

2. Apresentação
2.1. Descrição da Empresa

A Microsoft é uma das maiores empresas do mundo e dispensa apresentações. Os seus produtos mais famosos são o Windows, o Office, a consola de jogos X-Box e o motor de pesquisa Bing, entre outros.

A empresa foi fundada em 4 de abril de 1975 por Bill Gates e Paul Allen, em Albuquerque, no estado do Novo México, E.U.A. Talvez o marco mais importante da sua história tenha sido o acordo celebrado com a IBM em 1980, que permitiu que o sistema operativo da Microsoft (o MS – DOS) fosse vendido em conjunto com os computadores IBM. Paralelamente a Microsoft desenvolveu o sistema operativo Windows que hoje em dia é usado em cerca de 88% dos computadores pessoais do mundo:

Recentemente a Microsoft desenvolveu o segmento de “Intelligent Cloud” que já representa 29,2% das Vendas:

Possivelmente por causa da pirataria nos mercados emergentes, os Estados Unidos ainda representam mais de 50% das Vendas da Microsoft.

2.2. Principais Acionistas

É incrível mas Bill Gates, que é atualmente o 2º homem mais rico do mundo, com uma fortuna avaliada em $96,4 B, já só tem 1,34% do capital da Microsoft:

Bill Gates terá diversificado os seus investimentos ao longo do tempo, vendendo ações da Microsoft e comprando  ações de outras empresas e outros ativos. Ele também doou $35,8 B em ações da Microsoft à sua fundação, a Bill & Melinda Gates Foundation, que é a maior fundação privada de solidariedade social do mundo.

Hoje em dia os maiores acionistas da Microsoft são fundos de investimento, sendo que o Vanguard Group, que é o maior acionista com 7,53% do capital, é uma sociedade gestora de Index Funds.

2.3. Equipa de Gestão

No ano 2000 (excelente timing), Bill Gates passou o cargo de CEO para Steve Ballmer, que liderou a empresa até 2014, quando cedeu o cargo ao atual CEO, Satya Nadella:

3. Contexto Histórico
3.1. Gráfico de Longo Prazo

Como se trata de uma empresa norte-americana, tenho o gráfico histórico desde a OPV, que foi no dia 13 de março de 1986. Desde essa altura a cotação da Microsoft multiplicou-se por 1 108 vezes:

Já vamos ver isso com mais detalhe, mas no início do ano 2000, como todas as empresas tecnológicas, a Microsoft estava sobre-avaliada e depois passou os 12 anos seguintes numa tendência lateral, sendo que nos últimos anos iniciou novamente uma tendência ascendente para novos máximos históricos.

Um investidor que tenha comprado ações da Microsoft na OPV de 1986 e tenha mantido durante estes anos todos ganhou, em média, 24,5% ao ano, excluindo dividendos. Este é provavelmente um dos retornos mais elevados do mundo nos últimos 32 anos.

3.2. Evolução do Nº de Ações e Valor de Mercado

Até 2005 a Microsoft foi emitindo novas ações de forma moderada, mas desde 2005 que tem vindo a recomprar ações, de tal modo que hoje em dia tem menos ações emitidas do que tinha em 1992:

Em 1992 a Microsoft valia “apenas” $23 B e hoje em dia vale $834 B.

3.3. Evolução das Vendas e Price to Sales Ratio

Em 1993 a Microsoft obteve Vendas de cerca de $4 B e para o ano fiscal de 2019, que termina em 30 de junho de 2019, esperam-se Vendas de $124 B:

A taxa média anual de crescimento foi de 14,1%. Repare-se que em 1999 a Microsoft fechou o ano a valer 30 vezes mais do que vendia, pelo que é natural que na década seguinte a cotação tenha andado a marcar passo, apesar da evolução muito positiva nas Vendas.

No final de 2008 a Microsoft valia apenas o triplo das suas Vendas anuais e atualmente vale sete vezes mais do que vende.

3.4. Lucro e Price to Earnings Ratio

O Lucro Líquido da Microsoft cresceu dos $0,7 B em 1993 para os $34 B esperados para 2019:

Os topos e fundos são explicados pelos múltiplos de valorização, nomeadamente o PER. Em 1999 o PER atingiu os 75 e no fundo de 2008 os 10. Lembro-me de em 2011 se justificar o PER baixo da Microsoft por ser “old tech”, pelo que se quisermos, podemos sempre encontrar justificações para os múltiplos de valorização.

Atualmente o PER da Microsoft, tendo em conta a estimativa média de 2019, está nos 24, significativamente acima da média do mercado, mas claro, a Microsoft também tem fundamentais muito acima da média.

4. Visão Geral & Conclusão
4.1. Visão Geral

A Microsoft e a Amazon neste momento lutam pelo título de maior empresa do mundo, em torno dos $830 B de valorização.

A Microsoft é seguida por centenas de analistas e não há absolutamente nada que eu possa acrescentar ou descobrir, pelo que é desmotivante analisar este tipo de empresas.

A valorização é o que seria de esperar de uma empresa com a qualidade dos fundamentais da Microsoft. Os serviços de cloud têm contribuído para o aumento das Vendas e para a expansão da Margem Líquida, que está nos 27%!

É claro que em 1999 era evidente que a Microsoft estava sobre-avaliada, com um PER de 75, e que em 2008 e 2011 era evidente que estava subavaliada, com um PER de 10, mas e agora, com um PER de 24? Eu diria que está corretamente avaliada pelo mercado.

Da forma como a Microsoft tem vindo a adquirir ações próprias no mercado e tendo em conta as suas evidentes barreiras à entrada, eu diria que é empresa para continuar a valorizar em termos de longo prazo. Porém tendo em conta que já é uma das duas maiores empresas do mundo, não podemos esperar que as tendências de crescimento do passado se perpetuem no futuro. Eu diria que é empresa para valorizar uns 6 ou 7% ao ano, nos próximos dez a vinte anos.

4.2. Conclusão

As sondagens vão ter de ter limitações senão estou a ver que levarei sempre com mega-caps e ações super populares para analisar, quando o que eu gosto de estudar são empresas desconhecidas do público em geral, especialmente small caps.

5. Códigos

6. Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e nunca deverá ser entendida como uma recomendação de compra ou venda de ações. O BorjaOnStocks e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação. Se necessitar de conselhos financeiros, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site BorjaOnStocks. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Borja on Stocks.

Deixe uma resposta

Pesquisar

E-books GRÁTIS

SIGA-nos

JUNTE-SE AO NOSSO Grupo NO Facebook

Subscreva a nossa Newsletter

Receba todas as noticias e novidades do Borja On Stocks no seu email. 

Close Menu
×
×

Cart

Subscreva a Newsletter

Registe-se na nossa Newsletter e receba toda a informação, notícias e novidades do Borja On Stocks no seu e-mail. 

Finalidade da coleta e tratamento de dados pessoais: Gerir o registo na newsletter e enviar emails periódicos com informações e ofertas de produtos ou serviços. Legitimação: Consentimento da parte interessada. Para mais informação consulte a Política de Privacidade.

Receba o E-Book no seu email

Registe-se na nossa Newsletter e receba toda a informação, notícias e novidades do Borja On Stocks no seu e-mail. 

Finalidade da coleta e tratamento de dados pessoais: Gerir o registo na newsletter e enviar emails periódicos com informações e ofertas de produtos ou serviços. Legitimação: Consentimento da parte interessada. Para mais informação consulte a Política de Privacidade.