Post sobre a Bitcoin no Facebook

Acordei às 3 horas para ler tudo o que podia sobre Bitcoin. Não pode ser.

Do que li, não encontrei ninguém que pensasse a fundo nas implicações macroeconómicas e de longo prazo da Bitcoin. Nem o Stiglitz, nem o Krugman, nem outros economistas.

Também não irei eu fazê-lo profundamente, pois não é o meu trabalho.

Reconheço que existe um desequilíbrio entre a procura (crescente) e a oferta (fixa) na Bitcoin que fez com que subisse imenso e que pode fazer com que suba ainda muito mais. Pode ir por exemplo a $100 mil ou mais.

Mas também pode cair 90% de um dia para o outro, se o Estado assim o quiser (é o meu entendimento, tendo em conta como funcionam as bolsas de cripto-moedas). Mas não é claro que o Estado, nomeadamente a Administração Americana, queira.

É peculiar que a Bitcoin seja defendida principalmente pelos da Direita radical, que querem muito menos Estado na Economia. Eu sou um desses, porém também tenho consciência das implicações macroeconómicas da Bitcoin (desastrosas): se sobe a moeda, desce a economia.

Seria mais proveitoso pouco consumir e nada investir se a moeda subisse de valor. É por isso que os bancos centrais lutam tanto para criar inflação (não muita, mas alguma): a inflação é o combustível que faz movimentar a economia… sem inflação não era preciso investir. É a luta da Humanidade para superar a inflação que traz o progresso económico. Se existisse deflação … para enriquecer bastaria não fazer nada, apenas ficar com o dinheiro. As consequências a longo prazo e no limite é que o dinheiro valeria imenso, porém nada seria produzido, pois nada seria investido, pelo que nada haveria para comprar com o dinheiro. Repito que não encontrei nenhum artigo com estas teorias, pelo que provavelmente estarei a pensar muito antes do tempo. Ou posso estar errado.

Se eu ainda fosse um trader, ou um analista técnico, como há 15 ou 20 anos atrás, iria adorar a Bitcoin. Agora que sou um analista fundamental, não lhe reconheço valor intrínseco. Mas já houve muita coisa sem qualquer valor intrínseco (ou com pouco valor) que subiu milhares de vezes (e depois caiu para perto de zero). A Bitcoin é mais uma.

Eu nunca investirei na Bitcoin e nunca recomendarei a Bitcoin. Pode subir até $100 mil, $1 milhão, whatever, eu não recomendo. Não porque não compreenda, mas porque não lhe reconheço valor fundamental. O que não quer dizer que não seja um trade extraordinário… para quem sair a tempo.

Talvez um dia escreva um artigo de fundo, mas tirando isso vou passar uns tempos sem discutir a Bitcoin. Isto é tipo uma doença que me aflige e tenho de fugir dela.

Não posso vencê-la, mas posso ignorá-la.

Desejo boa sorte a quem está dentro, mas, aconteça o que acontecer, vou ficar pelo menos um ano sem falar de Bitcoin ou cripto-moedas. Vou focar-me nas ações que é o meu trabalho e paixão.

Boa sorte para quem está nas criptos 

Deixe uma resposta

Pesquisar

SIGA-nos

JUNTE-SE AO NOSSO Grupo NO Facebook

E-books GRÁTIS

Subscreva a nossa Newsletter

Receba todas as noticias e novidades do Borja On Stocks no seu email. 

Close Menu

Subscreva a Newsletter

Registe-se na nossa Newsletter e receba toda a informação, notícias e novidades do Borja On Stocks no seu e-mail. 

Finalidade da coleta e tratamento de dados pessoais: Gerir o registo na newsletter e enviar emails periódicos com informações e ofertas de produtos ou serviços. Legitimação: Consentimento da parte interessada. Para mais informação consulte a Política de Privacidade.

Receba o E-Book no seu email

Registe-se na nossa Newsletter e receba toda a informação, notícias e novidades do Borja On Stocks no seu e-mail. 

Finalidade da coleta e tratamento de dados pessoais: Gerir o registo na newsletter e enviar emails periódicos com informações e ofertas de produtos ou serviços. Legitimação: Consentimento da parte interessada. Para mais informação consulte a Política de Privacidade.