Barón de Ley – vinho, presunto e “peanuts”

Como a empresa não distribui dividendos, nem há grandes buybacks (como nos EUA), todo o lucro entra no Balanço, levando o Capital Próprio por acção a crescer 9,48% ao ano.

Conteúdo Exclusivo a Subscritores

Se já é membro

Preparado para INVESTIR nas MELHORES AÇÕES?

Tenha acesso ilimitado a conteúdo exclusivo. Mais de 2.000 análises a ações do mercado Europeu e Americano.

mercado europeu

Preparado para INVESTIR nas MELHORES AÇÕES?