Acerca do Risco Sistémico

Bom dia caros Subscritores do BoS,

Num dia como o de hoje parece inútil analisar uma ação individual, pois estão todas a cair indiscriminadamente e de forma independente dos fundamentais das empresas.

Os investidores estão, posso dizê-lo, em pânico.

Na minha opinião o pânico é fomentado pelos media e alimenta-se da ignorância das pessoas e de alguns investidores que terão chegado recentemente ao mercado.

Repare-se que este ano morreram 2.859 pessoas de Coronavírus em todo o mundo, mas morreram 77.672 pessoas de uma outra doença igualmente contagiosa, a gripe. Os números vão sendo atualizados ao segundo neste link. Ora, ninguém está preocupado com a gripe, uma doença que mata 27 vezes mais.

Toda esta semana foi dominada por uma onda de irracionalidade como nunca vi igual… obviamente já passei por vários crashes, alguns bastante mais severos do que este, mas este é o mais irracional de todos.

Quando o mercado fica assim não há muito a fazer, apenas alocar mais capital às ações fundamentalmente atrativas e esperar que o pânico passe… a recuperação deverá ser rápida e espero um ano de 2020 positivo para os mercados, que até será alimentado, na sua ponta final, pelos que estão a vender agora e que previsivelmente irão comprar substancialmente mais alto.

O risco sistémico ou de mercado não pode ser reduzido pela diversificação. É mesmo preciso ser encaixado pelos investidores, que têm de ter uma confiança intrínseca no futuro da Humanidade. Têm de confiar que no final vai ficar tudo bem, como tem acontecido sempre na História.

Existiram Guerras Mundiais, bombas atómicas, terramotos e tsunamis avassaladores e cá estamos, muito melhor do que estávamos. Tenho confiança que daqui por 10 anos, daqui por 20 anos e daqui por 100 anos estaremos ainda melhor, pois para cada problema, encontramos uma solução.

Neste caso do Coronavírus existe um problema e há quem esteja a trabalhar afincadamente na solução.

Um investidor de longo prazo, economicamente racional, não deverá ficar preocupado com eventos e choques de curto prazo e muito menos entrar em pânico.

Eu ainda vou analisar uma dos States que apresentou resultados, mas depois vou de fim-de-semana… devíamos todos ir uma semana de férias e regressar quando o pânico já tiver passado.

Atenciosamente,

César Borja

Pesquisar

Receba o E-book GRÁTIS

SIGA-nos

JUNTE-SE AO NOSSO Grupo NO Facebook

Receba a nossa Newsletter Gratuita

Receba as notícias e novidades do Borja On Stocks no seu email.