A Corretora

A escolha da corretora é fulcral e um dos primeiros passos para o sucesso dos investimentos em ações.

Este artigo dedica-se à escolha da corretora (atenção, não se diz nem escreve “correctora”, isso é para os novatos que não conhecem a nobre arte da corretagem, que tem mais de 300 anos de existência em Portugal). Nobre quer dizer, costumava ser nobre, agora é uma cambada de burlões que até me dá a volta ao estômago. Estou a falar dessas “corretoras” que mais se deviam chamar de casas de apostas, que comercializam produtos financeiros tóxicos como Contracts For Differences (CFD), Warrants e Binary OptionsIsso para mim é tudo lixo que retira liquidez – e portanto possibilidades de financiamento às empresas presentes no mercado de capitais – ao produto financeiro por excelência, as ações.

Qualquer pessoa que leia as letras pequeninas dos contratos de abertura de conta das corretoras percebe que aquelas que comercializam CFDs atuam como contraparte nos trades dos clientes, logo beneficiam dos prejuízos dos clientes. Se os clientes ganharem, a “corretora” perde, se os clientes perderem, a “corretora” ganha. Querem maior incentivo para prestar um mau serviço do que este? Já alguma vez viram um conflito de interesses mais flagrante do que este?

Eu nunca vi e só mesmo quem não tem amor ao dinheiro, quem o odeia, é que pode abrir conta numa destas casas de apostas. Sim, estou a falar do Saxo Bank e dos seus acólitos, GoBulling, BestTradingPro e principalmente, a mais odiosa de todas, a OreyITrade. Coisas como Plus500 são igualmente horríveis. E as “corretoras” de Forex, que não são mais do que CFDs de câmbios e que constantemente nos bombardeiam com publicidade? São material radioactivo capaz de liquidar um trader em segundos!

Nunca ninguém ganhou e nunca ninguém vai ganhar numa destas corretoras!

Se antigamente o principal fator diferenciador entre corretoras era o valor da comissão de corretagem, hoje o principal fator é este da disponibilização (ou não) de produtos financeiros tóxicos. Eu antigamente dizia que os investidores que compravam e vendiam ações através do banco, pagando um balúrdio de comissão de corretagem, eram doidos, mas agora os doidos são aqueles que, não pagando qualquer comissão de corretagem, se metem em corretoras que os levam para os CFDs com o fim último de lhes ficarem com o dinheiro todo. Mais vale pagar um pouco mais de comissão do que levar com melgas a querer explicar as “grandes vantagens da alavancagem com CFDs” em seminários e cursos enganadores.

Mas, e se existisse o melhor de dois mundos, ou seja, uma corretora que não comercializasse produtos financeiros tóxicos como CFDs, Warrants e Binary Options e ainda assim fosse bastante mais barata que os bancos? E que desse para comprar ações de muitas bolsas do Mundo? E que fosse tão boa que estaria a atrair capital dos maiores investidores institucionais da Europa?

Essa corretora existe e chama-se DeGiro.

Os produtos que oferece são Ações, Opções, Futuros e ETFs. Tudo produtos financeiros legítimos em que a corretora não atua como contraparte nos trades (exceto possivelmente nas Opções e nos ETFs pouco líquidos em que a corretora poderá atuar como market maker). Isto significa que os interesses da DeGiro estão alinhados com os dos seus clientes, especialmente nas ações.

As comissões são muito mais baixas que as dos concorrentes a operar em Portugal.

A DeGiro permite comprar ações em muitas bolsas do Mundo.

Estive a ler alguns artigos e entrevistas acerca da DeGiro:

– Corretora DeGiro estreia-se para extinguir os “dinossauros” portugueses

– Intermediários Financeiros: Corretoras estrangeiras em foco

Fui também à procura de opiniões negativas:

– 9 things I hate about DeGiro

Nenhuma destas queixas ou problemas me preocupa e a maioria foi entretanto resolvida.

Este segundo artigo negativo sobre a DeGiro tem mais substância e é mais preocupante:

– How DeGiro screws clients

Porém, é apenas sobre o mercado de Opções, que tem as suas particularidades e no qual eu nunca investiria.

Conclusão

Embora não seja perfeita (não há corretoras perfeitas, todas têm os seus rabos de palha – tal como os bancos) a DeGiro é a melhor corretora.

Disclaimer

Não tenho qualquer relação com a DeGiro e ainda não tenho conta na corretora. Só abri uma conta para o meu irmão David comprar umas ações da Novabase. Não recebo qualquer comissão da DeGiro por angariar clientes.

This Post Has One Comment

  1. Boas César,
    Estou na dúvida entre a Degiro e a Gobulling.

    Parece que a Gobulling é a mais barata a nível nacional. E está coberta com o Seguro ao investidor de 25k.
    Realmente CDF’s são tóxicos mas um investidor pode sempre pedir á Broker para cancelar a opção de transaccionar CDF’s.
    Acharias desta forma uma boa opção?

    Em relação á Degiro:
    Está coberta tb por um seguro ao investidor de 20k.
    Mas há alguma polémica por:
    ”they lend your shares to other customers who go short, so there is some risk if the customer and Degiro become insolvent.”

    Também já ouvi dizer que eles não fazem as ordens em real time e também juntam um agregado de ordens de investidores, daí terem preços competitivos,

    Gostaria de ouvir o teu insight neste assunto.

    Abraço e obrigado desde já!

Deixe uma resposta

Pesquisar

SIGA-nos

JUNTE-SE AO NOSSO Grupo NO Facebook

E-books GRÁTIS

Subscreva a nossa Newsletter

Receba todas as noticias e novidades do Borja On Stocks no seu email. 

Close Menu

Subscreva a Newsletter

Registe-se na nossa Newsletter e receba toda a informação, notícias e novidades do Borja On Stocks no seu e-mail. 

Finalidade da coleta e tratamento de dados pessoais: Gerir o registo na newsletter e enviar emails periódicos com informações e ofertas de produtos ou serviços. Legitimação: Consentimento da parte interessada. Para mais informação consulte a Política de Privacidade.

Receba o E-Book no seu email

Registe-se na nossa Newsletter e receba toda a informação, notícias e novidades do Borja On Stocks no seu e-mail. 

Finalidade da coleta e tratamento de dados pessoais: Gerir o registo na newsletter e enviar emails periódicos com informações e ofertas de produtos ou serviços. Legitimação: Consentimento da parte interessada. Para mais informação consulte a Política de Privacidade.

ebook grátis

Se conseguir evitar estas 20 armadilhas, a probabilidade de ser um investidor de sucesso será bem maior!